Torre de Londres

Torre de Londres

Embora durante mais de 900 anos a Torre de Londres tenha sido sinônimo de terror, hoje em dia é a atração turística mais popular da cidade. Abriga as Joias da Coroa. 

Construída sob o reinado de Guilherme I, a Torre de Londres (Tower of London) é uma enorme fortificação que funcionou ao longo da sua história como residência real, arsenal, fortaleza e prisão. 

A torre do terror

Durante mais de 900 anos a Torre de Londres foi sinônimo de terror porque era o lugar onde eram presos todos aqueles que ofendiam o monarca. A maioria dos presos viveu em péssimas condições e não saiu com vida ou foram torturados antes de serem executados na Tower Hill (Colina da Torre).

Foram muitos os personagens de grande relevância que tiveram o azar de sofrer entre as paredes da Torre de Londres, entre os quais se incluem reis derrocados, aristocratas e clérigos acusados de traição.  Alguns dos personagens mais destacados entre os que foram executados na Torre Verde foram a rainha consorte Ana Bolena, a rainha Jane Grey, o barão William Hastings e o pensador e escritor Thomas More. 

O que ver na Torre de Londres

  • As Joias da Coroa (Crown Jewels): Composta por coroas, espadas e cetros de incalculável valor tanto material como histórico e religioso, a coleção de Joias da Coroa é uma das atrações preferidas pelos visitantes. 
  • A Torre Branca (White Tower): Conhecida como a Torre de Londres, é o edifício central e o mais antigo da Torre de Londres, além de ser o que dá nome à fortificação. Construída entre os anos 1078 e 1100, a Torre Branca funcionou como residência real, depósito de armas e prisão.
  • Os corvos (ravens): Os corvos são os residentes mais famosos da Torre de Londres. Segundo a lenda, se os corvos desaparecessem a torre cairia e, com ela, o reino. Com o fim de evitar tal catástrofe, um dos guardas que protegem a torre, conhecido como Ravenmaster (Mestre dos Corvos), cuida dos corvos e corta os extremos de uma das asas para evitar que eles escapem.
  • Palácio Medieval (Medieval Palace): Além de ser uma imponente fortaleza, a torre também foi uma confortável residência para os membros da realeza. Na zona do Palácio Medieval ainda se conservam alguns restos do mobiliário que mostram o luxo e a opulência que, naquela época, reinou na torre. 
  • Capela de São Pedro (Chapel Royal of St Peter and Vincula): Construída em 1520, a capela da torre é o lugar onde se conservam os restos dos prisioneiros mais famosos que foram executados na torre. Hoje em dia a capela continua sendo o lugar de oração das mais de 150 pessoas que vivem na torre.

Uma fortaleza com muita história

A Torre de Londres é um lugar cheio de história e de momentos apaixonantes, algo que a torna uma das visitas imprescindíveis de Londres. No interior há vários edifícios que podem ser visitados, por isso é conveniente reservar várias horas ao passeio. 

Entrada sem filas

Se você não quer perder tempo da sua viagem pegando filas, aqui você pode comprar a entrada prioritária.

Horário

De março a outubro:
De terça a sábado, das 9:00 às 17:30 horas.
Domingos e segundas, das 10:00 às 17:30 horas.

De novembro a fevereiro:
De terça a sábado, das 9:00 às 17:30 horas.
Domingo e segunda, das 10:00 às 16:30 horas.

Preço

Adultos: £24,50.
Menores de 16 anos: £11.
Estudantes e maiores de 60 anos: £18,70.
Entrada gratuita com London Pass.

Transporte

Metro: Tower Hill, linhas Circle, District e DLR.
Ônibus: 8, 9, 11, 15, 15B, 22B, 25, 133 e 501.

Lugares próximos

Tower Bridge (267 m)
HMS Belfast (359 m)
City Hall (364 m)
The Monument (715 m)
The Shard (803 m)